Trabalhar, cuidar da casa, dos filhos, correr, fortalecer, fazer dieta e ainda ter tempo para curtir a família e os amigos. Ufa! Que correria! Assim é a rotina da nossa companheira de Run&Fun, Ludymilla Sá: uma corredora apaixonada, jornalista das boas e mãe de três filhos lindos.

O contato com a corrida começou quando ela foi transferida de editoria no jornal em que trabalhava. Além do nível de estresse altíssimo e do sobrepeso, Ludymilla tentava lidar com a insatisfação com a carreira e a falta de reconhecimento na empresa em que trabalhava havia quase 20 anos.

Apesar da frustração com a mudança no trabalho, logo percebeu que teria certa liberdade criativa e sugeriu uma pauta sobre histórias de superação por meio da corrida. Ao fazer a reportagem, ela se deparou com relatos inspiradores e começou a pensar que talvez a corrida pudesse ajudá-la a superar aquela fase ruim.

Para mandar o estresse para o espaço e esquecer tudo o que a afligia, Ludymilla começou a correr. E é claro que deu certo! Tudo encaixou com tamanha perfeição, que não dava para ignorar: os horários na empresa estavam mais maleáveis e combinavam exatamente com o horário dos treinos; o ponto de treino na Assembleia, em Belo Horizonte, era perto do trabalho e no caminho de casa; e a família ainda deu uma força. Não tinha jeito! Tudo conspirava para que ela se tornasse uma corredora.

volta-da-pampulha
Ludymilla ao lado dos treinadores, Euler e Vinicius

Jogo de cintura

A rotina na casa da nossa atleta é bem puxada, mas todos se ajudam e fica tudo certo. Com um filho de 2 anos, outro de 10 e o mais velho com 18, é preciso um pouco de organização e muita vontade!

Todos ajudam como podem: a avó dá aquela força com as crianças, o maridão (que também tem horários maleáveis) divide as tarefas domésticas e tudo vai se encaixando com os compromissos da família. Quando questionada sobre o que a corrida lhe trouxe, ela não pensa duas vezes: “disposição para aguentar o tranco”.

Ao começar a correr, Ludymilla viu que só correr não era suficiente e passou a conciliar os treinos de corrida das noites, com fortalecimento muscular nas manhãs. Com o passar do tempo, o pilates também ingressou nas tarefas do dia dessa ex-bailarina super dedicada. E como cabe tudo isso na rotina? A musculação e o pilates são feitos de manhã cedinho, às 6h da manhã para não atrapalhar ninguém! Recentemente, um dos treinadores de corrida foi contratado como personal para que os exercícios sejam alinhados com o ciclo de treinamento e isso tem feito uma grande diferença.

Logo no início dos treinamentos, nossa atleta – que tinha como um dos objetivos a perda de peso – sentiu necessidade de ter um acompanhamento nutricional que acompanhasse a sua rotina intensa de treinos. Foi aí que surgiu a Raphaella Cordeiro, nutricionista parceira da Run&Fun, e lá se foram 20 kg extras que a Ludymilla carregava!

Se no início o objetivo era só perder peso e eliminar o estresse, agora as metas são outras. A Volta Internacional da Pampulha vem aí e a nossa atleta está se preparando para participar dessa, que é a prova mais tradicional de Belo Horizonte. Ela também tem prova alvo para 2017! Em junho do próximo ano, Ludymilla estreará na Meia Maratona do Rio de Janeiro! Com a disciplina e dedicação dela, já sabemos que vai ser sucesso!

O mais interessante disso tudo é ver a transformação que a corrida provocou na vida dessa jornalista que cobria esportes, mas não os praticava e o quanto a família apoia e entende a importância disso na vida dela.

A maior demonstração da transformação que a corrida fez na vida da Ludymilla, você pode notar no conselho que ela deu para quem está começando: “Não desanime! Se você fizer do jeito certo, não vai se arrepender. A corrida vai te dar ânimo para todo o resto que você tem de fazer”. E ela está super certa! Pode ter certeza de que vale a pena se dedicar e não desanimar. Basta treinar e se esforçar que os resultados vêm!