RUNFUN

A RunFun é líder em assessoramento esportivo no Brasil. Ajudamos milhares de pessoas na busca por mais qualidade de vida.

Entre em Contato
(31) 3654-3922
AV. PORTUGAL, 4340 / SL. 202
Siga a RunFun
Top

Conheça os sintomas de overtraining na corrida e saiba como evitá-los

Tão importante quanto a prática de exercícios rotineiros é o descanso. De nada adianta exagerar nas atividades se o corpo não tem um período para relaxar. Dentro disso, é importante ressaltar os principais sintomas de overtraining, especialmente na corrida. Aliás, você sabe do que se trata esse conceito?

Objetivamente, overtraining é o excesso de treinamento. Quando o organismo não tem o tempo necessário para se recuperar de uma determinada carga de esforço, os sintomas começam a aparecer. É comum que, na ânsia de melhorar o desempenho, se cometa exageros. Então, as consequências surgem.

Para evitar que isso aconteça, é primordial respeitar os próprios limites e saber que a qualidade importa mais que a quantidade. No entanto, se você busca conhecer os principais sintomas do overtraining na corrida, ler esse artigo é fundamental. Confira a lista que elaboramos!

 

Estresse

O overtraining é capaz de reduzir consideravelmente a produção de alguns hormônios do sistema nervoso. Consequentemente, os índices de estresse e irritabilidade crescem.

Portanto, cuidado para não passar do ponto. Afinal, ter o hábito de praticar exercícios é um aliado fundamental para combater esse sintoma. Ninguém quer viver estressado justamente pelo excesso de atividade física, verdade?

 

Insônia

Treinar demais interfere no ciclo biológico humano. Em outras palavras, isso significa que o overtraining pode fazer com que você passe noites em claro se revirando na cama sem conseguir pegar no sono.

A insônia, por si só, gera diversos outros problemas. Aliás, a falta de descanso durante as madrugadas é capaz de prejudicar ainda mais o rendimento esportivo.

 

Gripes

Como prova de que tomar cuidado ao realizar exercícios é fundamental, está a relação entre o overtraining e o comprometimento do sistema imunológico.

Consequentemente, o número de gripes e resfriados pode aumentar em relação ao habitual. Passar do ponto é um erro prejudicial inclusive à saúde!

 

Recuperação tardia de lesões

O descanso é primordial para otimizar o resultado da corrida, como já dissemos. E o mesmo vale para a recuperação de lesões.

Durante a prática esportiva, geralmente microtraumas acontecem. Por isso, é preciso respeitar o tempo necessário para que eles desapareçam. Do contrário, podem ser responsáveis por problemas bem mais sérios a curto, médio e longo prazo.

 

Redução da performance

No caso de um corredor, por exemplo, o rendimento precisa evoluir constantemente. O overtraining atua como empecilho à qualificação da performance.

O motivo é que os músculos, já cansados e sem o período de recuperação mínimo, dificultam que se chegue a 100% do potencial. As pernas pesam e, com isso, os resultados do exercício caem.

Conforme observamos, os sintomas de overtraining influenciam diretamente na rotina de uma pessoa e trazem diversos problemas diários. Sendo assim, deve-se ser consciente de que a prática esportiva precisa de cautela, sempre priorizando o descanso corporal.

Se houver a identificação de que os treinos estão acontecendo em excesso, a primeira medida é diminuir a quantidade deles. Nesse sentido, o acompanhamento de um profissional se mostra muito importante. Seguir uma dieta balanceada, por exemplo, serve como ótima maneira de prevenir o overtraining e seus sintomas.

E então? O texto foi útil para você? Agora que sabe mais sobre os sintomas de overtraining na corrida, compartilhe o post nas redes sociais e mostre para seus amigos!

Deixe o seu comentário

Compartilhe
Equipe Run&Fun
Equipe Run&Fun

ascom@runefunbh.com.br

Este artigo foi produzido por um de nossos especialistas em treinamento esportivo, qualidade de vida e saúde. Gostou do conteúdo? Então compartilhe com os seus amigos nas redes sociais!

1
Olá! Bem-vindo à RunFun!
Como podemos te ajudar?
Powered by
X