RUNFUN

A RunFun é líder em assessoramento esportivo no Brasil. Ajudamos milhares de pessoas na busca por mais qualidade de vida.

Entre em Contato
(31) 3654-3922
AV. PORTUGAL, 4340 / SL. 202
Siga a RunFun
Top

5 dicas certeiras para encarar a Meia Maratona de BH

Para que a sua experiência nos 21 km seja marcante, é sempre importante levar em consideração as características do percurso e do clima e as belezas cênicas do local.

Com um calendário cada vez mais extenso de opções no país, a Meia Maratona de BH pode ser uma boa pedida para quem quer participar de uma prova diferente, no cartão postal mais famoso da capital mineira: a Lagoa da Pampulha.

Para encarar esse desafio é preciso estar atento a cinco dicas certeiras que irão te ajudar a completar o percurso com mais segurança e tranquilidade, conforme o planejado.

Antes das dicas, vale destacar que a Meia Maratona de BH tem o título de meia maratona oficial da cidade e é conhecida por sua alta qualidade técnica, com exatos 21.097 metros, segundo aferição e certificação da Federação Mineira de Atletismo.

É o único percurso da América Latina a passar por dentro de um zoológico, sendo que o trajeto também inclui outros pontos turísticos da cidade.

A prova é realizada geralmente entre os meses de junho e julho e a largada acontece na Praça Nova da Pampulha.

Vamos às dicas?

Dica #1 Defina uma estratégia

Claro que estar bem treinado e motivado é fundamental para se completar uma prova de 21 km sem frustações.

Mas, como em qualquer outra meia maratona, a estratégia adotada também é importante e ajuda a determinar o sucesso ou não de um corredor na prova.

Uma boa opção é dividir a prova em partes, já que competições de fundo, como as meias maratonas, devem ser corridas em progressão, ou seja, crescendo na prova.

Para a Meia Maratona de BH, recomendamos repartir a prova em quatro etapas. Aqui vão as dicas para os dois primeiros trechos:

1º trecho | 1 km – 5 km

Pegue leve nessa fase, mesmo o trajeto sendo plano. Evite o erro de sair no ritmo que você faz nos 10 km e não vá no embalo dos outros.

Esse trecho serve para o aquecimento e para coordenar bem a respiração. O ideal é percorrê-lo com um ritmo em torno de 10 a 15 segundos acima do previsto para a meia maratona.

2º trecho | 6 km – 11 km

Na segunda parte, você deve começar a entrar no ritmo planejado de meia maratona, mas ainda em ritmo confortável. É dessa forma que você deve passar pela metade da prova.

 

Dica #2 Persista na subida

Desde 2011, a Meia Maratona de BH proporciona aos corredores uma belíssima visita ao acervo de animais e plantas do Zoológico de Belo Horizonte, provenientes de diversas partes do mundo.

Foram muitas negociações com a Fundação Zoo-botânica para garantir que o evento não traria nenhum prejuízo aos animais. Desde então, e a cada edição, a organização do evento adota um mascote, sendo este sempre um animal da fauna brasileira que esteja ameaçado de extinção.

A nossa dica é que você curta o cenário e os animais, mas que também fique ligado ao trajeto dentro do zoológico, pois ele inclui uma subida.

3º trecho | 12 km – 15 km

O percurso da Meia Maratona de BH é essencialmente plano, com exceção de uma subida de aproximadamente 1,5 km, logo na entrada do Zoológico.

Para encarar a elevação, tente não deixar o seu ritmo ultrapassar 10 segundos acima do planejado para a meia maratona. Compense os 10 segundos na descida, quando você poderá soltar o corpo e usar a mecânica a seu favor para recuperar o tempo perdido.

 

Dica #3 Avance no último trecho

O percurso da prova é no sentido anti-horário da lagoa. Quando passar pelo Marco Zero da Pampulha é sinal de que você está na reta final da prova.

Nessa quarta e última fase, você terá a oportunidade de se soltar, correndo cada vez mais rápido. A cada novo quilômetro, você já pode focalizar a linha de chegada e explorar ao máximo o seu potencial.

4º trecho | 16 km – 21 km

Agora é hora de correr mais forte: os 5 km finais devem ser iguais ou um pouco melhores que o ritmo previsto para a meia maratona. Caso se sinta bem, pode ousar e baixar mais 10 segundos do seu ritmo programado. Ou mantenha a velocidade moderada até o sprint final.

 

Dica #4 Aproveite a paisagem

Casa do Baile (Divulgação Belotur)

O Zoológico de Belo Horizonte é apenas uma das diversas atrações turísticas da capital mineira que poderão ser apreciadas durante o percurso.

Vela a pena, por exemplo, curtir cada paisagem e patrimônio histórico do moderno e audacioso Conjunto Arquitetônico e Paisagístico da Pampulha, que inclui a Igreja de São Francisco de Assis, o Museu de Arte, a Casa do Baile e o Iate Tênis Clube.

O conjunto nasceu na década de 1940, quando Juscelino Kubitschek, prefeito de Belo Horizonte, convidou o arquiteto Oscar Niemeyer para projetar os prédios, que foram embelezados pelos painéis de Portinari, pelo paisagismo de Burle Marx e pelas esculturas de Ceschiatti, Zamoiski e José Pedrosa.

Mais recentemente outros atrativos foram incorporados ao complexo a exemplo do Mineirão, Mineirinho e Parque Ecológico da Pampulha.

 

Dica #5 Hidrate-se bem

hidrate-se-bem

A Meia Maratona de BH acontece em clima ideal para a corrida: ameno, sem chuvas, com temperaturas em torno de 15º C. A largada também favorece os corredores: a partir de 7h20.

Apesar das vantagens, é indispensável se hidratar adequadamente durante a prova. A organizadora do evento oferece oito pontos de hidratação com água e três com isotônico. O indicado é que você se hidrate em todos os pontos com água.

Não se esqueça também da reposição de carboidrato que deve acontecer a cada 40 minutos de prova.

Dica bônus

Se não deu tempo de se preparar para a Meia Maratona de BH, que tal correr 5 km ou 10 km? A prova traz essa opção também. Em ambos os casos, o trajeto é todo amplo, com apenas um retorno. Um percurso interessante para quem quer baixar o tempo.

Deixe o seu comentário

Equipe Run&Fun
Equipe Run&Fun

ascom@runefunbh.com.br

Este artigo foi produzido por um de nossos especialistas em treinamento esportivo, qualidade de vida e saúde. Gostou do conteúdo? Então compartilhe com os seus amigos nas redes sociais!

× Como posso ajudar?
X