RUN&FUN

A Run&Fun é líder em assessoramento esportivo no Brasil. Ajudamos milhares de pessoas na busca por mais qualidade de vida.

Entre em Contato
(31) 3654-3922
AV. PORTUGAL, 4340 / SL. 202
Siga a Run&Fun
Top

Gravidez e corrida: uma união para o bem

Os mitos que envolvem a gravidez e a corrida são muitos. É comum que futuras mamães abandonem os treinos por medo de que o esporte prejudique a saúde delas e do bebê.

Mas gravidez e corrida podem se juntar sim, e para o bem! Qualquer grávida que esteja liberada por um obstetra pode aproveitar os benefícios relacionados à atividade durante a gestação, como redução do risco de desenvolvimento de diabetes gestacional, menor risco de parto prematuro e diminuição do estresse, da ansiedade e do risco de depressão.

É o que tem acontecido com a futura mamãe, Raquel Araujo Medeiros. Com 32 semanas de gestação, a atleta da Run&Fun tem curtido ao máximo a gestação e os benefícios trazidos pelo esporte.

 

Confira o depoimento dela sobre essa experiência:

grávida correndo

“A corrida já faz parte da minha vida há muitos anos. Encontrei na Run&Fun profissionais que me auxiliaram a alcançar objetivos cada vez maiores e, ao mesmo tempo, se preocuparam com minha saúde e bem-estar. Além disso, pude criar parceiros de corrida que se tornaram grandes amigos.

Estava em um momento de ótima performance, com treinos intensos, quando tive a excelente descoberta da minha gravidez. Esse era um grande sonho e nenhuma notícia poderia me trazer felicidade maior, porém, logo pensei como seria minha vida sem a corrida.

Esse esporte já fazia parte de mim, não conseguia me imaginar saindo do trabalho e indo direto para a casa descansar. A adrenalina, o suor, o esforço e o desafio que me movem me dão força e energia para encarar a rotina diária de casa, estudo e trabalho.

A corrida foi o primeiro tema abordado com minha ginecologista que, surpreendentemente, entendeu minhas necessidades e me apoiou a continuar, mas com um pouco de moderação. Ao conversar com meus treinadores obtive exatamente a mesma resposta e passei a me sentir tranquila em praticar o esporte que amo.

A opinião dos demais já foi diferente: muitos criticaram, viram como egoísmo da minha parte por “não estar pensando na Luísa”. Fui chamada de maluca, viciada, irresponsável e alguns tentaram até me proibir de correr.

Eu continuei tranquila nos meus treinos, pois estava muito bem amparada por profissionais sérios e qualificados, além de acreditar que esse hábito saudável, e que me faz tão bem, só poderia fazer o mesmo para minha filha.

O bom andamento da gestação sempre me mostrou o mesmo: não passei mal por um dia sequer, não tenho dores, não inchei. Indisposição e cansaço passam longe de mim.  A Luísa está se desenvolvendo maravilhosamente bem, com tamanho acima da média. Meu peso está ótimo e meus exames perfeitos.

Com 32 semanas de gestação me sinto orgulhosa de continuar correndo, participo de provas de corrida e recebo uma energia incrível de outros corredores. Meus treinadores estão sempre atentos, revisam meus treinos constantemente e o carinho que recebo de todos do grupo é delicioso.

Continuarei firme no propósito de dar à minha filha, corredora desde a primeira batida do coração, saúde, energia e bem-estar.

Espero que cada vez mais gestantes continuem praticando esporte, sempre com acompanhamento de profissionais experientes, para que aproveitem ao máximo esse momento mágico da vida.”

 

Deixe o seu comentário

Compartilhe
Equipe Run&Fun
Equipe Run&Fun

ascom@runefunbh.com.br

Este artigo foi produzido por um de nossos especialistas em treinamento esportivo, qualidade de vida e saúde. Gostou do conteúdo? Então compartilhe com os seus amigos nas redes sociais!

X