RUN&FUN

A Run&Fun é líder em assessoramento esportivo no Brasil. Ajudamos milhares de pessoas na busca por mais qualidade de vida.

Entre em Contato
(31) 3654-3922
AV. PORTUGAL, 4340 / SL. 202
Siga a Run&Fun
Top

Maratona em 2018: tire suas dúvidas e complete a sua primeira!

Para quem nunca correu uma maratona, encarar os primeiros 42km pode ser um desafio e tanto. Isso porque a competição exige alto nível de treinamento e preparação psicológica para lidar com o ritmo intenso. Se você deseja realizar sua primeira maratona em 2018, existem estratégias que podem ser seguidas para que a prova seja completada com sucesso.

Esse é o tema do post de hoje: apresentamos um breve passo a passo para quem quer correr os 42 km da melhor forma possível. Confira!

 

O que fazer para começar

Antes de mais nada, para correr uma maratona é preciso ter uma base de treinos consolidada e alguns quilômetros rodados no currículo.

Antes de se inscrever para os 42 km, você deveria estar correndo há pelo menos um ano, três a quatro vezes por semana, de 6 a 10 km por treino.

Esse é o mínimo indicado. Para concluir a prova com sucesso, o ideal mesmo seria uma base de treinos de dois a três anos, com a realização de pelo menos quatro meias maratonas nesse período.

Se você já treinou para os 21 km significa que o seu corpo está mais adaptado para volumes altos de treino, favorecendo uma transição segura para os 42 km.

Além disso, para começar a preparação é fundamental procurar assistência especializada: um médico do esporte para verificar a saúde e seus limites, um nutricionista para desenvolver um plano alimentar, um preparador físico para orientar os treinos e para reforçar a musculação.

 

Como se preparar para a maratona em 2018

Se você já está certo de que seu objetivo é correr uma maratona, o primeiro passo é elaborar um programa de treinos específicos e aumentar progressivamente o volume de treino. Assim, você aprenderá a lidar com as limitações e dificuldades que serão encontradas no dia da prova — como cansaço físico e mental, fadiga e desidratação.

Outra dica importante é o cuidado com a alimentação. Com níveis intensos de atividade física, não há como manter um bom rendimento sem alimentação adequada no período preparatório para a maratona. É importante, ainda, quando a data estiver se aproximando, programar uma maior ingestão de carboidratos para que não haja perda de energia.

A preparação física também deve ser prioridade: além do condicionamento físico, as articulações precisam estar fortalecidas e a musculatura, principalmente das pernas, ajuda a minimizar os impactos durante a corrida e evitar lesões.

 

Quanto tempo de treinamento é preciso

Tenha em mente que você precisará de um período de treinamento voltado para a maratona, com 16 a 18 semanas de trabalho. Nesse intervalo, é preciso desenvolver velocidade, resistência, potência aeróbia e ritmo. São indicadas cinco sessões de treino por semana — incluindo o trabalho de musculação.

Por fim, faça treinos mais longos nos fins de semana com o aumento progressivo da distância. Dentro desse planejamento é muito importante que, entre duas a três semanas antes da prova, você alcance o pico máximo de volume. A distância máxima indicada é de 30 km a 34 km, para evitar o desgaste e a recuperação ser mais rápida.

Com a preparação correta, esse trabalho pode se tornar mais simples. Seguindo essas dicas, é possível participar de uma maratona em 2018. E aí, o que está esperando para começar a se preparar?

Gostou do texto de hoje e quer receber outras dicas sobre corrida? Curta nossa página no Facebook!

 

Deixe o seu comentário

Compartilhe
Equipe Run&Fun
Equipe Run&Fun

ascom@runefunbh.com.br

Este artigo foi produzido por um de nossos especialistas em treinamento esportivo, qualidade de vida e saúde. Gostou do conteúdo? Então compartilhe com os seus amigos nas redes sociais!

X