RUN&FUN

A Run&Fun é líder em assessoramento esportivo no Brasil. Ajudamos milhares de pessoas na busca por mais qualidade de vida.

Entre em Contato
(31) 3654-3922
AV. PORTUGAL, 4340 / SL. 202
Siga a Run&Fun
Top

Subida e descida na corrida: como adequar a postura corporal?

Correr é, antes de tudo, uma grande diversão. Se entregar ao prazer do exercício físico é uma ótima forma de sentir e conhecer o seu corpo. Contudo, existem alguns movimentos que precisam de maior atenção por parte dos atletas. Só assim eles podem ser executados da maneira correta.

Lidar com elevações e inclinações requer alguns cuidados específicos, afinal, a postura precisa se adequar à subida e descida na corrida. Se você deseja saber quais são eles, continue lendo o artigo!

Subida e descida na corrida: o que acontece com o corpo?

Ao subir uma ladeira em seus treinos, você faz com que os músculos principais da perna — quadríceps e panturrilha — trabalhem mais. São eles que ajudam na impulsão do corpo. Também conhecidos como extensores, eles são forçados em virtude da dificuldade gerada pela inclinação.

De acordo com a fisioterapeuta Raquel Castanharo, a força de propulsão gerada por esses músculos no aclive é até 75% maior do que quando se corre no plano. Além disso, a tendência é aterrissar a passada com o médio pé e a ponta do pé.

A descida, por outro lado, resulta em movimentos que são acompanhados de um “freio” automático. Por conta disso, o corpo fica inclinado para trás. Ainda segundo Castanharo, o tamanho da passada é aumentado em 7% se comparado às superfícies planas.

Frear as movimentações no declive pode, inclusive, causar uma sobrecarga nas articulações, por conta de uma contração muscular denominada como excêntrica. Nela, os músculos geram força e aumentam de tamanho simultaneamente.

Subida e descida na corrida: quais são os riscos?

Alguns corredores, preocupados apenas em melhorar suas performances nos treinos, acabam não dando a devida atenção aos riscos de determinadas situações.

As sobrecargas da descida, já citadas, oferecem um risco de lesão significativo. Os joelhos, em aclives ou declives, são bastante exigidos. Os posteriores da coxa, responsáveis por frear a passada, também. Nesse sentido, a utilização de alguns acessórios pode ser bastante útil.

Vale frisar a importância de um acompanhamento profissional para ajudar a dosar os treinos. Além do mais, ele também ajudará indicando a melhor maneira de realizar um fortalecimento muscular para que você se mantenha afastado das lesões.

Qual a postura mais adequada?

Manter a postura correta para correr é essencial. Portanto, siga as dicas para fazer tudo certo.

Nas descidas:

  • não tente frear com os calcanhares;
  • mantenha o tronco com uma leve projeção para frente;
  • não desça em alta velocidade.

Nas subidas:

  • evite olhar para o chão;
  • procure equilíbrio e impulsão no movimento dos braços;
  • projete o corpo todo para frente;
  • eleve os joelhos;
  • faça a aterrissagem da passada com a planta do pé.

Lembre-se: hidratação e alimentação são imprescindíveis para se ter uma boa qualidade de vida. São elas, aliás, que também ajudarão a superar esses desafios maiores, como treinar em inclinações distintas.

Subida e descida na corrida merecem atenção. Se você pretende superar os obstáculos com maior eficiência e correndo menos riscos, faça a preparação adequada. Sua saúde e seu desempenho agradecem!

Se você quer ficar por dentro de outras informações como estas, siga nossos perfis nas redes sociais — Instagram e Facebook — e não perca nossas atualizações!

Deixe o seu comentário

Compartilhe
Equipe Run&Fun
Equipe Run&Fun

ascom@runefunbh.com.br

Este artigo foi produzido por um de nossos especialistas em treinamento esportivo, qualidade de vida e saúde. Gostou do conteúdo? Então compartilhe com os seus amigos nas redes sociais!

X